15991263468
(15) 3212-8000
Youtube
Notícias
Proteção completa para os negócios

12/08/2014 / Fonte: DCI

Seguradoras criam produtos para conquistar empresas de pequeno e médio porte

Enquanto as projeções para a economia brasileira apontam crescimento inferior a 1% neste ano, o mercado segurador deve registrar avanço na casa dos 10%, somando R$ 323 bilhões em faturamento. A previsão é da Confederação das Seguradoras (CNSeg). Marco Antonio Rossi, presidente da entidade e da Bradesco Seguros, destaca os segmentos de saúde, com perspectiva de acréscimo de 15% na receita, e de capitalização – cujo volume de negócios deve evoluir 20% – entre as áreas que responderão pelo forte desempenho do setor. “O crescimento será sustentado pelos negócios fechados com empresas de pequeno e médio porte (PMEs)”, afirma.

Só no primeiro trimestre de 2014, as vendas de seguro saúde para negócios de menor porte registraram salto de 38% na seguradora do Bradesco.”Para reter talentos, em um cenário de grande competitividade, essas empresas têm apostado na contratação de seguro saúde, odontológico e previdência”, confirma Marco Antônio Gonçalves, diretor comercial da Bradesco Seguros.

As PMEs estão no radar de praticamente todas as seguradoras e corretoras. As estimativas são de que o filão responda por 44% do faturamento global dos seguros no Brasil. Além de forte participação nas carteiras, os negócios de menor porte guardam outro grande atrativo: a possibilidade de ampliar as vendas. Segundo os executivos entrevistados pelo DCI, 70% das PMEs não possuem seguro, em nenhuma categoria.

Para chegar a esses empresários, as seguradoras turbinaram produtos e serviços e prepararam um exército de corretores, que atuam como consultores e orientam sobre as opções mais indicadas para proteger os negócios e beneficiar colaboradores. Os seguros com a cara das PMEs chegam em um bom momento. Os empreendedores estão mais preocupados com ricos do dia a dia que podem paralisar a produção, a exemplo da falta de água ou de energia. A violência também ocupa a cabeça de quem quer proteger o capital humano e o patrimônio.

Para dar conta da demanda, as seguradoras terão de oferecer produtos ajustados à necessidade de cobertura de cada cliente. Ganhará terreno quem for capaz de criar seguros massificados, mas com flexibilidade para se encaixarem nos orçamentos. “A tendência são produtos versáteis, que se adaptem a diversos tipos de negócio, e processos ágeis para aceitação, emissão e sinistros”, afirma o vice-presidente comercial da SulAmérica, Matias Ávila.

O ajuste fino das apólices ficará a cargo dos corretores, que terão trabalho para mudar a imagem dos seguros. “Os dirigentes de negócios de menor porte – principalmente os empreendedores em fase inicial – ainda enxergam o seguro como um custo adicional”, explica Manes Erichman Neto, sócio da corretora online Minuto Seguros. “Cabe ao corretor orientar sobre a importância da proteção do patrimônio. Afinal, a falta de um bom seguro pode comprometer o futuro do negócio, caso ocorra um sinistro de grandes proporções.”

O grande motivador para o mercado segurador está nas projeções de crescimento de negócios com as PMEs. A expectativa é de que as vendas para o filão avancem mais de 20% nos próximos anos.

Escolas

A apólices mais completas englobam responsabilidade civil, danos morais, prejuízos para alunos ocorridos em eventos e passeios promovidos pela escola, incêndio, roubo de bicicleta de alunos, reembolso com despesas para gerenciamento de crises – em situações que afetem a imagem da escola -, arrastão e roubo de equipamentos eletrônicos em trânsito. Quem oferece: Liberty, Porto Seguro e Tokio Marine.

Hotéis e pousadas

O segmento exige coberturas diferenciadas para ressarcir perdas causadas aos hóspedes. O pacote inclui compensações por roubo ou subtração de bens (mediante arrombamento) e pagamento por danos causados a veículos no estacionamento. Quem oferece: Liberty e Porto Seguro.

Pet shops e clínicas veterinárias

Entres as coberturas exclusivas para o ramo, a apólice engloba indenização para deterioração ou contaminação de vacinas em ambientes frigorificados, responsabilidade civil para indenizar terceiros (desde que a culpa seja do segurado), responsabilidade civil sobre animais, perda de ponto comercial e despesas extraordinárias com salários de temporários. Quem oferece: Liberty e Porto Seguro.

Bares e restaurantes

O segmento demanda coberturas para indenizarclientes vítimas de roubo, compensação para danos decorrentes do fornecimento de comida e bebida, deterioração de alimentos e perda de ponto comercial. Quem oferece: Liberty e Porto Seguro.

Papelarias

As coberturas incluem prejuízos causados por problemas hidráulicos, danos às mercadorias em trânsito e aos veículos estacionados no estabelecimento, além de indenizações por responsabilidade civil para eventos no local. Quem oferece: Liberty.

Floriculturas

Entre os prejuízos cobertos estão danos às mercadorias e roubo de arranjos florais em trânsito; perda de flores por paralização da câmara fria; despesas extraordinárias com salários de temporários; e lucros cessantes para lojas virtuais que ficam fora do ar por mais de 72 horas. Quem oferece: Liberty.

Comércio e serviços

A modalidade oferece cobertura básica (incêndio, queda de raio e explosão) e acessórias como perda ou pagamento de aluguel, vendaval, danos elétricos, lucros cessantes e tumultos. Além de ressarcir prejuízos com equipamentos, mercadorias e matérias-primas. Quem oferece: companhias que oferecem seguro patrimonial.

Salões de cabeleireiros

Além das coberturas tradicionais do seguro empresarial, o pacote oferece garantia aos equipamentos estéticos, paga despesas com aquisição de um novo ponto comercial (em caso de sinistro) e indeniza subtração de bens e de valores do estabelecimento e dos clientes em atendimento. Quem oferece: Liberty.

Padarias e confeitarias

As apólices indenizam roubo de bens e mercadorias de bufês em trânsito, deterioração de alimentos frigorificados, danos causados em equipamentos e utensílios de cozinha, além de prejuízos em veículos estacionados no local. Quem oferece: Liberty.

Clínicas e consultórios

É possível proteger equipamentos médicos e odontológicos em trânsito e dentro do prédio, obter ressarcimento por perda do ponto comercial, receber orientação jurídica sobre responsabilidade profissional e contratar seguro de vida para funcionários. Em caso de incêndio, as seguradoras também cobrem a instalação em um novo local, pagamento de aluguel e reembolso do custo da fiança locatícia. Quem oferece: Porto Seguro e Tokio Marine.

Av. Dr. Afonso Vergueiro, 1809 – Centro – Sorocaba – SP
Copyright © Todos direitos reservados a Bittar Administradora e Corretora de Seguros