15991263468
(15) 3212-8000
Youtube
Notícias
Em período de manifestações, Seguro empresarial é destaque

Cada vez mais no Brasil se faz necessário que as contratações de seguros empresariais englobem cobertura para vandalismo e arrombamentos. Vemos uma sequência de manifestações no país, pela defesa de diferentes causas ou indignações – recentemente em virtude da Copa do Mundo.

Luiz de Souza, corretor especializado em seguros patrimoniais e diretor comercial da MetaMax Consultoria em Seguros Gerais, há um bom tempo indica a cobertura a seus clientes, e defende que se torna ainda mais necessária neste ano de Copa do Mundo. “Sabemos que nosso povo está indignado com tudo o que acontece no Congresso Nacional e isso refletiu diretamente na Copa do Mundo. As manifestações são diversas e creio que deverão aumentar. Infelizmente, quem também sofre as consequências destas manifestações são os empresários”.

Como o brasileiro ainda não tem uma cultura de prevenção de riscos e contratação de seguros, cabe aos corretores de seguros orientarem o cliente. “Concentro as forças de minha corretora na gestão e gerenciamento de risco de meus clientes”, afirma. Além do seguro empresarial básico (seguro compreensivo empresarial), que une as principais coberturas para quem tem uma empresa – incêndio; queda de raio e explosão; danos elétricos; roubo e/ou furto qualificado – é possível incluir novas coberturas verificando o risco do cliente.

De acordo com Luiz de Souza, os principais sinistros que podem ocorrer havendo manifestações, principalmente se o cliente for uma loja de rua, são: tumultos, roubo de valores no local de risco, quebra de vidros, despesas fixas e lucros cessantes. “A maioria das seguradoras configuram tumultos como a ação de pessoas conglomeradas que perturbe a ordem pública e não necessite das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica). Por isso torna-se necessário o corretor elencar uma seguradora que realmente vai trazer segurança na reparação dos danos, inclusive se ele parar suas atividades por estas causas. Recomendo que os corretores façam um gerenciamento de risco e mencionem ao cliente sobre este trabalho diferenciado”.

O seguro empresarial é fruto de uma consultoria que analisa os vários riscos aos quais o cliente está sujeito ao mesmo tempo. “Quanto mais se conhece o perfil do cliente e as coberturas deste seguro, melhor o enquadramento. Dependendo do tamanho do risco, aconselho que os corretores de seguros contratem um empresa de gerenciamento de risco para fazer um laudo específico”.

02/06/2014 / Fonte: CQCS |Thaís Ruco


Av. Dr. Afonso Vergueiro, 1809 – Centro – Sorocaba – SP
Copyright © Todos direitos reservados a Bittar Administradora e Corretora de Seguros